Pontos Turísticos

Praia do Saco Situada a 41 km de Estância, acesso pela rodovia SE–100. Local onde os jesuítas desembarcaram no Estado. Área ecológica, onde o ecossistema se encontra preservado.

 

Com uma pequena enseada de 5 km, a Praia do Saco contém os principais ingredientes para um perfeito cenário de filme: areia branca e fofa, mar calmo e cristalino, diversos coqueiros e formações rochosas que terminam de compor a paisagem.

 

Na linha do horizonte, avista-se Mangue Seco, a última praia do norte do estado da Bahia. As belezas desta praia foram mostradas em 1989, na novela Tieta, adaptação do romance Tieta do Agreste, do escritor baiano Jorge Amado. Da Praia do Saco é possível ir de lancha para o Mangue Seco. O passeio faz sua primeira parada na Ilha da Sogra, um banco de areia com cerca de um km de extensão, visível apenas na maré baixa. Além do lindo visual do local, de um lado ela é banhada pelo rio Real e do outro, pelo mar. A lancha também passa pela linda ponta da Ilha do Saco.

 

Ponta do Saco Prolongamento da Praia do Saco, ambiente natural ornamentado por belos coqueirais com quiosques. Na ponta sul de Sergipe, próximo à divisa com a Bahia, encontramos a mais bela praia do estado. A Praia do Saco ou da Boa Viagem, como também é conhecida, está localizada no município de Estância a 68 km da capital, Aracaju.

 

Praia do Abaís Localizada a 38 km da sede do município, acesso pela rodovia SE–100. Praia de notável beleza natural que se estende pela costa oceânica por mais de 20 km cercados de belas dunas. Excelente para pesca, em virtude da abundância de peixes, base da culinária local. Sua beleza e clima agradável encantam os visitantes que chegam ao lugar, que aproveitam para relaxar, tomar um refrescante banho de mar e desfrutar de bons momentos.

 

É uma das melhores opções para os que desejam passar um belo dia na praia mas sem abrir mão do conforto. Conta com uma boa faixa de areia dourada batida, o mar é levemente agitado, em um tom verde azulado. Apresenta ondas pequenas e temperatura amena, sendo ideal para o banho e para a prática de alguns esportes náuticos. Com boa infraestrutura, não faltam bares e restaurantes que sirvam deliciosos petiscos e bebidas

 

Lagoa Azul Uma das mais bonitas lagoas do Estado, acesso pela rodovia SE–100. O balneário localizado no Litoral Sul de Sergipe, no município de Estância, atrai cada vez mais visitantes em busca de lazer e do contato com a natureza.

 

A infraestrutura ainda é rústica, mas vale a pena principalmente se o passeio for feito com crianças. Há um bar e um restaurante para servir os visitantes, um deles disponibilizando mesas e cadeiras à beira da lagoa. Caso chegue cedo, uma cobertura de palha dentro da lagoa reserva quase que um SPA natural. E banhar-se nas águas claras é um convite ao relaxamento em contato com a natureza.

 

A dica é pedir a atendente do bar a famosa comidinha para alimentar os peixes. Um cardume de pequenos representantes do local nem precisa ser alimentado e já dar o ar da graça rodeando o visitante e dando pequenas mordiscadas em parte do corpo coberto pela água. Não demora muito e os representantes mais ilustres chegam a beirar a lagoa. São os grandes tambaquis que fazem a alegria da criançada e dos visitantes.

 

Porto D’Areia Colônia de pescadores à beira do rio, cercada de manguezais e Mata Atlântica. Local onde ancoraram as embarcações, desembarcando ou levando mercadorias que eram armazenadas nos trapiches (hoje em ruínas).

 

Ilha do Sossego Praia paradisíaca com barzinhos na orla, manguezais e lindas garças brancas. Cenário típico da National Geographics.

 

Complexo Turistico Porto D’Areia O novo complexo turístico de Estância conta com uma estátua do Cristo Redentor e um Memorial a céu aberto do Barco de Fogo. Os caminhos de acesso ao Cristo foram executados sobre um piso pigmentado de concreto armado. Espaços verdes integram o complexo turístico com a implantação de vegetação rasteira e o plantio de palmeiras imperiais. Integra a urbanização um espaço para atividade física para adultos e crianças.

 

A nova imagem do Cristo Redentor, localizada no Alto da Conceição, no bairro Porto D’Areia, tem 16 metros de altura, sendo seis metros de base e dez de escultura – é equivalente a um prédio de cinco andares. A escultura, confeccionada pelo artista Ivo Gato, recebeu iluminação a led, com variações de cores.

 

Memorial Barco de Fogo O Memorial a céu aberto do Barco de Fogo é composto por figuras em tamanho natural, contando a história dos moradores do Porto D’Areia, de Estância e da região Sul de Sergipe. São três cenários: um mostra o pisa-pólvora com a miscigenação das raças no entorno do pilão; o segundo cenário retrata a batucada, o samba de coco que ritma a confecção dos fogos de Estância. O terceiro homenageia o barco de fogo, orgulho estanciano.

 

Sua Cultura

 

Festejos Juninos Quando se fala em festejos juninos em Sergipe, é impossível mesmo com o Forro Caju e o Arraial do Povo, não mencionar o São João em Estância (São João de Estância), destaque da história e cultura junina do Estado. As manifestações em torno do ciclo junino iniciam-se com o envolvimento dos homens brincantes e os fogueteiros, no Batuque do Pisa-Pólvora e na fabricação dos Busca-Pés. Todo esse preparativo se dá no mês de janeiro para fevereiro, quando o bambu é cortado. Esses brincantes em sua maioria integram profissionalmente as duas associações de fogueteiros do município e/ou participam de grupos folclóricos, como: Batucada e Batucada Busca-Pé.

 

Barco de Fogo Referente ao barco de fogo, propósito maior desse diálogo, é um bem histórico e cultural feito artesanalmente, de cunho tradicional ligado ao ciclo junino. Produzido exclusivamente em Estância. O bem cultural em sua origem data do inicio do século XX, criado por Chico Surdo.

 

De acordo com Ronaldo(Roni), fogueteiro nascido no município e há 30 anos está no meio dos fogueteiros, não se tem precisão quando iniciou a produção do barco de fogo, mas, é uma tradição que se arrasta por décadas, passando de geração em geração.

 

A transmissão do saber e fazer o barco de fogo é tradicional em Estância: Os pais vão passando conhecimento da produção de fogos para os filhos, parentes, os ajudantes, como também aqueles que estejam no meio e se interessem pela produção do bem cultural. Roni tem quatro ajudantes que já são fogueteiros profissionais.

 

Para ser considerado fogueteiro profissional tem que saber fazer -tudo relacionado ao fogo-. Primeiro passa por ajudante, depois se torna um profissional do ramo. Para isso, tem que ter capacidade e compromisso.

 

Em Estância existem duas associações. Para ser considerado um fogueteiro profissional tem que passar por alguns testes. Após avaliação e aprovação, se afilia a associação envolvida, e, é considerado um fogueteiro profissional.

 

Monumentos Históricos

 

Sobrado de taipa e adobe Único monumento tombado pelo Iphan em Estância, seu valor histórico é atribuído ao fato de ter abrigado o Clube Republicano, primeira organização desse porte na Província de Sergipe Del Rey. Serviu também como residência de Dom Pedro II durante sua visita à cidade. Endereço: Praça Rio Branco, 35 - Centro

 

Conjunto arquitetônico estanciano A maioria dos sobrados é revestida de azulejos, decorados em azul e branco, com forte influência da arquitetura usada em Salvador, de onde foram trazidos projetos e peças de decoração a serem usados nas construções. Localização: Nas ruas Capitão Salomão e Dr. Pedro Soares - Centro

 

Trapiches Local que funcionava para embarque e desembarque de mercadorias e comércio de escravos no século XVIII. Encontra-se em ruínas. Localização: Bairro Porto D’ Areia

 

Catedral Nossa Senhora de Guadalupe Endereço: Praça Barão do Rio Branco - Centro

 

Igreja do Rosário Possui altar tombado pelo Patrimônio Histórico. Endereço: Praça 24 de Outubro

 

Igreja Nossa Senhora do Amparo Endereço: Praça do Amparo

 

Ponte sobre o Rio Piauitinga Localização: Bairro Cidade Nova

 

EQUIPE GUIA ESTANCIANO

 topo

Seja visto por centenas de pessoas diariamente

Cadastre-se agora mesmo em nosso guia comercial, conheça agora mesmo nossos planos !